Cobertura Colaborativa por Indicaí

A vontade é de registrar a história do Transborda 2017 do ponto de vista de quem vive ela na ponta. Além disso é importante que a memória do festival dure mais do que a semana do evento. Também é uma questão central o debate sobre jornalismo cultural e a raríssima cobertura desenvolvida pela imprensa tradicional. Mas mais do que tudo, o coletivo Pegada gostaria de falar de música, de como ela muda as nossas vidas e o ambiente ao nosso redor, de como ela nos faz percorrer distâncias e nos encontrar com o inesperado, de como ela vibra dentro de nós e nos transforma, de como nos une, de como nos emociona.

Para atender essas demandas, foram convocados os parceiros da plataforma de música colaborativa Indicaí, que montou uma equipe de 11 colaboradores para acompanhar o festival. Todo o material produzido será publicado aqui no blog!

Uma resposta para “Cobertura Colaborativa por Indicaí”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *